ACESSIBILIDADE | ALTO CONTRASTE | MAPA DO SITE
TAMANHO DA FONTE: A- | A+

NOTÍCIAS Inicio >

Secretarias de Vila Lângaro desenvolvem programa de EquoterapiaSecretarias de Vila Lângaro desenvolvem programa de Equoterapia

Publicado em 11/12/2019, Por Assessoria de Imprensa

A Equoterapia é um método terapêutico e educacional, que utiliza o cavalo dentro de uma abordagem multidisciplinar, envolvendo as áreas de saúde, educação e equitação. A mesma tem por objetivo estimular o desenvolvimento da mente e do corpo, sendo auxiliar no tratamento de indivíduos portadores de necessidades especiais, tais como, síndrome de down, paralisia cerebral, derrame, esclerose múltipla, hiperatividade, autismo, dificuldade de concentração, problemas neurológicos, deficiência visual e auditiva, dentre outras. Sua importância se ressalta, devido ao fato, de que o cavalo consegue transmitir impulsos ritmados para as pernas e tronco do praticante, levando a contrações e relaxamentos que facilitam a percepção do próprio corpo.

Os principais benefícios da equoterapia são: desenvolvimento do afeto, devido ao contato da pessoa com o cavalo; estimulação da sensibilidade tátil, visual e auditiva; melhora da postura e equilíbrio; aumento da auto-estima e confiança; melhora do tônus muscular; desenvolvimento da coordenação motora e percepção dos movimentos, bem como a socialização.

O serviço de Equoterapia é oferecido no Município de Vila Lângaro desde o ano de 2013, através de convenio firmado com o IFRS- Campus Sertão. Esta atividade é realizada quinzenalmente, sempre nas segundas-feiras. O IFRS oferece o espaço físico, cavalos e, alunos, que auxiliam a equipe técnica do município.

Atualmente, o quadro de praticantes é composto por 10 alunos, entre adultos e crianças. A equipe é coordenada pela fisioterapeuta Fernanda Secco, pela fonoaudióloga Diana Puerari, contando ainda, com a colaboração de Simone Olibone. Este projeto é uma parceria entre as Secretarias de Saúde, Educação e Assistência Social.

Este ano as atividades encerraram no dia 09 de dezembro, sendo que a previsão de retorno é para o mês de março de 2020.




Imprimir notícia - Compartilhar: