ACESSIBILIDADE | ALTO CONTRASTE | MAPA DO SITE
TAMANHO DA FONTE: A- | A+

NOTÍCIAS Voltar >


Trabalho contra o Aedes aegypti é feito em Vila LângaroTrabalho contra o Aedes aegypti é feito em Vila Lângaro

Publicado em 22/11/2016, Por Assessoria de Imprensa

No levantamento de Índice Amostral do Aedes aegypti, realizado na primeira semana de outubro, pela fiscal sanitária e ambiental Carine da Silva e agentes de Saúde, constatou-se que no município esta sendo feito um bom trabalho por parte dos moradores, pois foram poucas as residências que encontrou-se possíveis criadouros do mosquito. O trabalho continua. A transmissão da dengue, da Febre Chikungunya e do vírus Zika ocorre pela picada de mosquito Aedes aegypti. Ele tem em média menos de 1 centímetro de tamanho, é escuro e com riscos brancos nas patas, cabeça e corpo. O Aedes costuma ter sua circulação intensificada no verão, em virtude da combinação da temperatura mais quente e chuvas. Para se reproduzir, ele precisa de locais com água parada. Por isso, o cuidado para evitar a sua proliferação busca eliminar esses possíveis criadouros, impedindo o nascimento do mosquito. Desta forma e equipe da Secretaria de Saúde de Vila Lângaro vem desenvolvendo durante todo ano um intensificado trabalho de orientação e de eliminação dos possíveis criadouros. São realizadas visitas nas residências na cidade e o interior, Levantamentos de índice e orientações. Conforme Carine “este trabalho depende da ajuda de todos pra ser bem sucedido, pois os depósitos preferencias para os ovos são recipientes domiciliares com água parada ou até na parede destes, mesmo quando secos. Os principais exemplos são pneus, latas, vidros, cacos de garrafa, pratos de vasos, caixas d'água ou outros reservatórios mal tampados, entre outros”. Ela completa dizendo que “juntos somos mais fortes”. Saiba alguns cuidados para evitar o acúmulo de água onde o mosquito pode se reproduzir: feche caixas d’água, tonéis e latões; limpe com escovação os bebedouros de animais; guarde garrafas vazias com o gargalo para baixo; guarde pneus velhos sob abrigos; mantenha desentupidos ralos, canos, calhas, toldos e marquises; não acumele água nos vasos de plantas. Enche-os com areia; coloque embalagens de vidro, lata e plástico em uma lixeira bem fechada; mantenha a piscina tratada o ano inteiro; e coloque areia nos cacos de vidro dos muros. Outras medidas que as pessoas podem ter atenção são: Verifique se os ralos estão desentupidos e, se não estiver usando, deixe-os fechados ou com telas; e observe a bandeja externa de água na parte de trás da geladeira.




Compartilhar: FACEBOOK