ACESSIBILIDADE | ALTO CONTRASTE | MAPA DO SITE
TAMANHO DA FONTE: A- | A+

NOTÍCIAS Voltar >


Pilotos vila-langarenses consagram-se campeões no Cross CountryPilotos vila-langarenses consagram-se campeões no Cross Country

Publicado em 28/08/2015, Por Assessoria de Imprensa

Os irmãos Antonio Edu Brazaca e Mauro Brazaca Junior fizeram bonito nas pistas e sagraram-se campeões em 2015, na Copa Cross Country. O piloto Antonio Edu Brazaca começou no motociclismo a mais ou menos 08 anos. No iniciou participava de trilhas e veloterras. Três anos mais tarde ingressou na Associação Gaúcha de Pilotos de Enduro – AGPE. No primeiro ano não teve muito sucesso, mas depois de pegar experiência, só teve êxito. Em 2012, ficou em 2º lugar. Nos últimos 03 anos, obteve nada mais, nada menos do que 03 títulos. A campanha de 2015 iniciou em 08/03, em Mato Castelhano. Lá foram 02 segundos lugares do Edu. Na segunda prova em Caxias do Sul, dia 29/03, foram 02 primeiros. Na 3ª etapa dia 26/04, em São Marcos, foi 01 primeiro e 01 segundo. Na 4ª etapa em Farroupilha, dia 31/05, Edu conquistou 02 primeiros lugares. Na 5ª etapa, dia 07/06, em Veranópolis, 01 primeiro e 01 segundo. Já na última, dia 09/08, em Capitão, para consolidar o tricampeonato, Edu chegou em primeiro nas 02 baterias. Edu competiu na categoria XCI Gaúcho – 450 cc, Força Livre Importada -. Nesta modalidade são realizadas duas baterias de 25 minutos, mais duas voltas por provas, em pistas que têm em média 04 km, totalizando 40 minutos por bateria. Esta competição é composta por Trilhas, Veloterras e Motocross. O Edu disse que “é uma prova que tende de ter muita coragem, resistência e habilidade, pois reuni os melhores pilotos, e as provas são realizadas em diferentes tipos de pistas”. O garoto Mauro Brazaca Junior, no ano de 2014 participou de algumas provas, para testar e pegar ritmo. No ano de 2015 entrou com tudo e não deu chance para os adversários. Correndo na categoria XC6 – Estreantes Nacionais -, nas mesmas datas em que o seu irmão participou. Venceu sempre as duas baterias, exceto na etapa de Capitão, que não pode participar da mesma, pois fraturou uma das pernas, em um treino. Como a competição previa descartar os 02 piores resultados, mesmo sem correr ele não perdeu o título, pela invencibilidade nas corridas anteriores. Segundo o Juninho, “é um campeonato bom de andar, que testa o piloto. São provas bem técnicas, e tende ter habilidade, mas também muita resistência. O mais importante é a resistência”. Para ele a sensação de ser campeão gaúcho é muito boa, principalmente de ser campeão invicto. Os irmãos são patrocinados pela empresa Brazaca Pneus, onde o Antonio Edu é sócio-gerente. Parabéns aos irmãos pelos títulos, determinação e coragem. Sucesso a eles.




Compartilhar: FACEBOOK